Investigação aponta tentativa desesperada de Bolsonaro para liberar joias, que envolveu 15 servidores

Portal Plantão Brasil
10/7/2024 15:32

Investigação aponta tentativa desesperada de Bolsonaro para liberar joias, que envolveu 15 servidores

0 0 0 0

306 visitas - Fonte: Plantão Brasil

O ex-presidente Jair Bolsonaro acionou pelo menos 15 servidores para tentar liberar joias nos últimos dias de seu mandato, em dezembro de 2022. Os itens foram retidos na alfândega do Aeroporto de Guarulhos (SP), e ele criou uma "operação" para tentar enviá-los aos Estados Unidos no avião presidencial, que decolou no dia 30 daquele mês.

Bolsonaro mobilizou sete servidores de altos cargos da Receita Federal, quatro ajudantes de ordens da Presidência, três integrantes do Gabinete Adjunto de Documentação Histórica (GADH) e um funcionário da Secretaria-Geral da Presidência. A Polícia Federal encontrou uma mensagem do então chefe da Receita Federal, Julio Cesar Vieira Gomes, pedindo a um subordinado para "botar todo mundo para trabalhar".

As joias foram apreendidas pela Receita em setembro de 2021 com um assessor do então ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que havia recebido um kit da marca Chopard durante viagem à Arábia Saudita. A PF suspeita que os itens seriam recuperados e vendidos nos Estados Unidos, como outros presentes.

A operação começou em 14 de dezembro de 2022. Após reunião com Bolsonaro, o chefe da Receita procurou sua chefe de gabinete para tratar do assunto e encaminhou um e-mail ao subsecretário de Administração Aduaneira. O pedido foi enviado à Superintendência Regional da Receita Federal da 8ª Região Fiscal, em São Paulo, que decretou o perdimento das joias devido à importação irregular.

Funcionários da Receita relataram pressa para resolver o caso e pressão de Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, e do próprio ex-presidente. Em 27 de dezembro, Cid acionou Marcelo Vieira, chefe do GADH, para incorporar os itens ao acervo presidencial. No dia 28, o chefe da Receita articulou um ofício para pedir a liberação formal das joias, mas a tentativa foi rejeitada.

Apenas Cid, Julio Cesar Vieira e Marcelo Vieira foram indiciados pela Polícia Federal, acusados de associação criminosa, peculato e advocacia administrativa.

Com informações do DCM

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians