Alckmin: "Mau gosto de Milei não interfere nas relações de Estado entre Brasil e Argentina"

Portal Plantão Brasil
9/7/2024 14:32

Alckmin: "Mau gosto de Milei não interfere nas relações de Estado entre Brasil e Argentina"

0 0 0 0

197 visitas - Fonte: PlantãoBrasil

O vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) afirmou nesta terça-feira (9) em um evento do Sebrae que as relações comerciais entre Brasil e Argentina não serão afetadas pelas divergências entre os governos de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Javier Milei. "São relações de Estado. O mau gosto do Milei é assunto dele. Temos que fortalecer as relações de Estado", declarou Alckmin, que está no exercício da Presidência.

Na semana passada, o presidente argentino publicou ataques contra Lula, chamando-o de “perfeito dinossauro idiota”. Lula, seguindo a orientação de aliados, não respondeu às críticas para evitar dar palanque ao ultraliberal. Milei esteve no Brasil no último final de semana para participar de um fórum de extrema-direita em Santa Catarina, e não compareceu à reunião de cúpula do Mercosul. Lula classificou a ausência do argentino como uma “bobagem imensa”.

Geraldo Alckmin também comentou sobre a cotação do dólar e a manutenção da taxa selic em 10,5%. Ele afirmou que ambas tendem a cair e que o “mercado é estressado”. "Se olhar o tripé macroeconômico, o câmbio é flutuante. Do mesmo jeito que subiu, ele reduz. Ele tem oscilações e deve ser flutuante mesmo. Acredito que vai cair mais. A tendência é que caia mais. É que o mercado é estressado. Não tem nenhuma razão para ter ido no patamar que foi. A tendência é que ele caia", declarou.

Com informações do g1

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians