China propõe integração entre nova rota da seda e PAC do Brasil

Portal Plantão Brasil
20/1/2024 10:55

China propõe integração entre nova rota da seda e PAC do Brasil

0 0 0 0

840 visitas - Fonte: PlantãoBrasil/X

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, em visita a Brasília, propôs a integração dos investimentos da iniciativa chinesa Belt and Road (Cinturão e Rota) com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) brasileiro, relançado em 2023 pelo presidente Lula. O anúncio sugere uma colaboração significativa entre as duas nações em projetos de desenvolvimento e infraestrutura.

Até o momento, a nova Rota da Seda acumulou contratos que somam US$ 2 trilhões em 147 países. Por sua vez, o PAC brasileiro projeta investimentos de R$ 1,7 trilhão, incluindo contribuições do governo federal, empresas estatais e setor privado. A proposta de Wang Yi sugere um alinhamento estratégico entre as duas iniciativas, potencializando investimentos e desenvolvimento em ambos os países.

Durante o discurso no Palácio do Itamaraty, o chanceler chinês destacou a importância de uma cooperação mais aberta e inclusiva entre os dois programas governamentais. Ele também enfatizou o interesse da China em expandir parcerias com o Brasil em setores como agricultura, economia verde, economia digital e inteligência artificial.

Com informações do Brasil247

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians