logo

25/10/2022 12:03

Guedes quer que despesas médicas e de educação deixem de ser abatidas do Imposto de Renda da Pessoa Física.

0 0 0 0

4017 visitas - Fonte: DCM

O Ministério da Economia estuda retirar os descontos com despesas médicas e educação do rol de gastos dedutíveis do Imposto de Renda da Pessoa Física.

A medida representaria um ganho de R$ 30 bilhões para o caixa do governo: R$ 24,5 bi advindos do fim da possibilidade de restituição com gastos com a saúde e R$ 5,5 bi de gastos com estudos.

A informação é do Estadão, que obteve um documento com algumas ideias formuladas para reforçar os cofres públicos em eventual segundo mandato de Bolsonaro.

A lei hoje não estipula um teto para as deduções com gastos médicos, diferentemente do que ocorre com educação, na qual é possível abater-se R$ 3.561,50 por dependente.

Em nota ao jornal, Guedes diz refutar “a alegação de que pretende acabar com as deduções.”

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: CPI DO CAPITÓLIO NOS EUA!! EDUARDO B0LSONARO NA MIRA:



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians