logo

26/5/2022 09:56

Ministro Fábio Faria foi convidado a prestar esclarecimentos sobre visita de Elon Musk a comissão da câmara

0 0 0 0

606 visitas - Fonte: Portal Fórum

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (25), uma audiência para que o ministro das Comunicações, Fábio Faria, preste esclarecimentos sobre os projetos a serem desenvolvidos pelo bilionário Elon Musk no Brasil. A reunião será realizada no dia 8 de junho.

O magnata, dono da SpaceX, Starlink e Tesla, esteve no país recentemente e se reuniu com Jair Bolsonaro (PL) e Faria no interior de São Paulo. Na ocasião, Musk anunciou que veio tratar de uma parceria com o governo brasileiro sobre "monitoramento da Amazônia" e conectividade em escolas localizadas em áreas rurais.


Acontece que nem o governo e nem o bilionário deram detalhes sobre essas "parcerias", que levantam suspeitas visto que Musk já admitiu participação no golpe na Bolívia por conta de seu interesse no lítio, elemento mineral essencial para o desenvolvimento dos carros elétricos que produz com a Tesla.

Com a audiência, a comissão da Câmara pretende obter explicações mais precisas de Fábio Faria sobre o que de fato as empresas de Musk farão no Brasil e qual será o papel desempenhado pelo governo brasileiro neste acordo.

O convite para que o ministro preste esses esclarecimentos foi aprovado a partir de um requerimento apresentado pelo deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP). O parlamentar aponta, entre outras questões, que Fábio Faria, a princípio, tentou esconder o encontro com o magnata.


"O Ministério das Comunicações de Fábio Faria, numa tentativa de esconder a reunião, bem como a parceria, afirmou taxativamente que não havia nenhum encontro agendado, nem acordo entre qualquer um de seus membros e Elon Musk. A tentativa ocorreu quando a pasta respondeu a um questionamento feito pela Coding Rights que atua em defesa dos direitos humanos na área tecnológica, via Lei de Acesso à Informação", diz o requerimento do deputado.

Depois, no entanto, o próprio Fábio Faria divulgou o encontro com Musk. "Resta claro a grave violação a Lei de Acesso a Informação, ferramenta essencial para consolidação do regime democrático e fortalecimento das políticas de transparência pública, frente da tentativa da pasta em esconder a reunião, bem como a parceria com Elon Musk", prossegue Ivan Valente.

"Os termos desta parceria devem ser publicizados, primando o controle social na administração pública, o que permite identificar eventuais irregularidades, ou qualquer situação que possa ensejar o confronto entre os interesses públicos e privados", diz ainda.


De olho nas reservas naturais

Segundo o ministro das Comunicações, Fábio Faria, Musk, que é dono da Tesla e da Space X, veio ao país para “tratar com o governo brasileiro sobre Conectividade e Proteção da Amazônia”. Porém, há outro fator que também pode justificar a vinda do empresário ao Brasil: lítio e nióbio.

O Chile, a Argentina e a Bolívia (onde Musk teve participação no golpe) possuem as maiores reservas de lítio do mundo. O Brasil possui uma reserva de 8%. Mas por que o bilionário estaria interessado neste minério? Ele é essencial na fabricação de baterias para carros elétricos.


Além do lítio, que também está no centro da negociação com o governo federal, o Brasil possui uma das maiores reservas do mundo de nióbio, localizada no município de São Gabriel da Cachoeira (AM), na fronteira com a Venezuela e a Colômbia. Estima-se que a reserva brasileira de nióbio nessa região seja de 2,9 bilhões de toneladas. E é justamente a região que Musk vai visitar e este minério é fundamental para construções aeroespaciais. O empresário também é dono da SpaceX, empresa de turismo espacial.

O nióbio, que o presidente Bolsonaro tanto defendeu sua exploração durante as eleições de 2018, presente no município de São Gabriel da Cachoeira não pode ser explorado, pois, está dentro de um território indígena e em áreas de proteção ambiental do Parque Nacional do Pico da Neblina e da Reserva Biológica Estadual do Morro dos Seis Lagos.


O governo Bolsonaro, ao longo de seus quatro anos, tenta derrubar tais limites e liberar a exploração de minérios dentro de terras indígenas. Como se vê, a visita de Elon Musk ao Brasil envolve interesses muito além daqueles divulgados.

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: CPI DO CAPITÓLIO NOS EUA!! EDUARDO B0LSONARO NA MIRA:



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians