logo

20/7/2021 16:13

Produção de cloroquina vira jogo de empurra entre Ministério da Saúde e Exército.

0 0 0 0

1014 visitas - Fonte: Congresso em Foco

Documentos entregues à CPI da Covid mostram que a produção de cloroquina virou batata quente nas mãos dos ministérios da Defesa e da Saúde. Apesar da pasta do médico Marcelo Queiroga contrariar o Exército e dizer que não solicitou a produção do medicamento, a Saúde foi apontada pelo general Braga Netto como responsável pela ordem.



De acordo com nota técnica encaminhada à comissão pela Defesa, "a produção do medicamento cloroquina 150 mg foi realizada para atender às demandas do Ministério da Saúde". Do quantitativo total produzido, diz, "houve a distribuição de 91% de toda a produção de 2020, sendo que o saldo em estoque existente" poderia "atender às demandas do Ministério da Saúde, da Defesa ou do próprio Exército Brasileiro."

Outra informação dada ao colegiado é de que "não houve produção de cloroquina nos laboratórios da Marinha e da Aeronáutica" e que o "Ministério da Defesa não celebrou contratos, nos últimos cinco anos, para aquisição e distribuição de cloroquina e hidroxicloroquina."

Já a nota técnica do Ministério da Saúde enviada à CPI nega que a ordem tenha partido da pasta e que não solicitou a produção de hidroxicloroquina ou de cloroquina ao Laboratório Químico e Farmacêutico do Exército (LQFEX).



Confira íntegra da resposta do Ministério da Saúde:


O Exército, por sua vez, confirma ter recebido pedido para produzir o medicamento a partir de demanda da Saúde. E que o LQFEX estava "internalizando em sua rotina produtiva o atendimento às demandas do Ministério da Saúde em prol da sociedade".

Confira íntegra da resposta do Exército:


O documento entregue à CPI diz ainda que "à época do início da pandemia", houve atendimento da demanda para produção de cloroquina 150 mg, "em apoio ao Ministério da Saúde", que orientou o uso do medicamento como "adjuvante no tratamento de formas graves da covid-19, bem como determinou a distribuição imediata do fármaco."

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: CPI DO CAPITÓLIO NOS EUA!! EDUARDO B0LSONARO NA MIRA:



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians