logo

25/2/2021 18:40

Guedes demite auditor usado pela defesa de Flávio para construir tese de quebra ilegal de dados fiscais

0 0 0 0

1533 visitas - Fonte: Brasil 247

O servidor Glauco Octaviano Guerra foi demitido pelo ministro Paulo Guedes (Economia) por improbidade administrativa. O auditor foi usado pela defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) para acionar órgãos do governo federal sob o argumento de que o parlamentar, filho de Jair Bolsonaro, teria tido dados fiscais acessados de forma ilegal.



A portaria com a demissão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 25, e estabeleceu a restrição ao retorno ao cargo público pelo prazo de cinco anos.

Guerra é um dos cinco auditores da Receita Federal suspeitos de enriquecimento ilícito que recorreram à Justiça e ao Sindifisco sob o argumento de que foram investigados de forma ilegal pelo Escritório de Corregedoria da 7ª Região Fiscal e pelo Escritório de Pesquisa e Investigação da 7ª Região Fiscal.



Guerra e os outros quatro auditores são os responsáveis pela tese usada por Flávio Bolsonaro para tentar anular o inquérito da rachadinha. O senador chegou a acionar a Presidência da República, o GSI e a Abin e a PGR, alegando perseguição e quebra irregular de sigilo fiscal.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: CPI DO CAPITÓLIO NOS EUA!! EDUARDO B0LSONARO NA MIRA:



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians