logo

8/9/2020 20:24

Igrejas são anistiadas de dívida de RS$ 1 bi .Só falta a sanção de Bolsonaro

0 0 0 0

1854 visitas - Fonte: DCM

Não há poder paralelo maior, no Brasil, do que o das igreja evangélicas.

Ninguém, de partido algum, é capaz de desafiá-las.

Por unanimidade, o PCdoB apoiou em peso o projeto de perdão da dívida dessas organizações.

No PT, Benedita da Silva, Carlos Zarattini, José Ricardo, Padre João, Rejane Dias, Zé Neto e Zé Ricardo participaram da presepada em nome do Senhor e do dízimo.


O valor chega a quase R$ 1 bilhão.

O PL foi aprovado no Congresso Nacional e aguarda a aprovação de Bolsonaro. O autor da emenda é David Soares (DEM-SP), filho do pastor RR Soares.

A empresa religiosa de Soares acumula R$ 144 milhões em débitos inscritos na Dívida Ativa da União — terceira maior da lista.

Falta a sanção de Bolsonaro, que ocorrerá na sexta.

Um parecer da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, ligada ao Ministério da Economia, recomendou ao governo o veto.

As igrejas são, hoje, conglomerados que vendem inúmeros produtos.


A conta fica para nós pagarmos.

Ficamos combinamos que os Felicianos, Edires e Malafaias merecem ter milhões sem ser taxados porque Deus quis assim.

Um bando de otários, que sustenta esse bando, sequestrou o Brasil e nos arrastou junto.

Jandira Feghali disse que foi orientação do partido. Papo furado. E a consciência? Foi para o buraco.

O partido, por sua vez, não explica nada.


Para simplificar, é medo de retaliação dos bispos.

Perto dessas igrejas, as milícias do Rio não são de nada.



Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: GLOBO ESMAGA BOLSONARO APÓS DISCURSO NA ONU!!



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.


O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians