logo

29/6/2020 12:54

Deputado bolsonarista já deu mais de RS$ 700 mil de verba pública ao ´´Gabinete Gospel``

0 0 0 0

2115 visitas - Fonte: DCM

O deputado federal Otoni de Paula é pastor da igreja evangélica e lidera unidades da Assembleia de Deus do Rio de Janeiro há 22 anos, segundo sua própria biografia.



Conforme foi revelado pelo Globo, o deputado já gastou mais R$238,5 mil de dinheiro público com a Aplicanet Informática, empresa acusada de disparo indevido de mensagens durante eleições.





Ocorre que o dono da empresa, Alan dos Santos, é da mesma igreja do pastor: a Assembleia de Deus.



Mas a predileção do deputado por evangélicos não para por aí.



Além de sua cota parlamentar, Otoni investe parte de sua verba de gabinete em fiéis da igreja evangélica.



Pelo menos 5 de seus secretários de gabinete são membros da Assembleia de Deus do Rio de Janeiro.





Charles Luiz de Moraes



Pastor da Assembleia de Deus de Nova Itaguaí, recebe mensalmente R$1631,72 como secretário parlamentar de Otoni.



Marcos Dias Borges (ou Marcão Borges)





Fiel da Assembleia de Deus, recebe mensalmente R$9314,91 como secretário parlamentar.



Já foi chefe de gabinete de Otoni de Paula quando era vereador no Rio de Janeiro.



Hoje, Marcão é pré-candidato ao antigo cargo do chefe.



Leonardo e Leandro Argenti





Irmãos que trabalham no gabinete de Otoni de Paula desde o início do mandato, em 2019.



O primeiro recebe R$3219,41 e o irmão, R$8655,25 por mês.



Ambos são fiéis da Assembleia de Deus e Leandro Argenti, bolsonarista, participa de manifestações com o filho do deputado.



Eleomar Ribeiro





Teólogo e pastor da Assembleia de Deus, recebe R$1086,54 mensalmente.



Ele é amigo da família de Otoni e o conhece desde criança, segundo o próprio deputado.



Foi candidato a vereador pelo Rio em 2012 e é pré-candidato a vereador do Rio, apoiado pelo deputado.



Thiago Felix



Acompanha o deputado em cultos evangélicos e recebe R$6676,29, a maioria das fotos de Otoni em igrejas foram tiradas pelo atual secretário, que o acompanha há, pelo menos, 5 anos.







No total, Otoni de Paula tirou de dinheiro público e deu para membros da Assembleia de Deus do Rio de Janeiro cerca de R$711.797,00.



Esse valor é cerca de 32% dos R$ 2.221.208,22 da cota parlamentar e da verba de gabinete gastos pelo deputado desde o início de seu mandato.



O cargo de secretário parlamentar é um cargo técnico, que auxilia na agenda do parlamentar e cuida da coordenação de diversas atividades do gabinete.



Entre os requisitos para a função, o curso de secretariado é citado como suplementar, segundo o próprio site da Câmara, mas fé não é uma exigência.



O DCM procurou o deputado Otoni de Paula, que não se manifestou até a publicação desta reportagem.

Por Caique Lima



Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: BOLSONARO SOFRE SUA PIOR DERROTA!!



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians