logo

29/12/2016 12:18

Ministro do Supremo confirma que haverá nomes do Judiciário e jornalistas na delação da Odebrecht

Do JornalGGN:

Um ministro do Supremo Tribunal Federal “já fez as contas” e acredita que as colaborações de 77 pessoas ligadas à Odebrecht geraram anexos ao processo da Lava Jato. “E, além de políticos e empresários, citam os nomes de membros do Judiciário e de jornalistas”, informa o Conjur nesta quarta (28). O site não revelou a identidade do magistrado.

O portal lembra que a primeira delação vazada, a de Cláudio Melo Filho, “foi o bastante para estremecer o governo, levando o assessor especial do presidente Michel Temer, o advogado José Yunes, a pedir as contas, depois de ser citado pelo delator.”

O trecho da delação publicado pela imprensa gerou insegurança em relação a leis e medidas provisórias aprovadas pelo governo Lula e Dilma, diz a revista eletrônica. O senador Romero Jucá, por exemplo, foi citado como articulador de uma MP para beneficiar empresas com beneficíos fiscais. Ele teria cobrado e recebido 5 milhões de reais e distribuído esses valores a aliados do PMDB.

As delações já foram entregues ao relator da Lava Jato no STF, o ministro Teori Zavascki, e aguardam as homologações.


MAIS
» Direto da Espanha: Presidente do Brasil recebe R$ 1 milhão em propina e pode cair
» E se fosse Lula e não Temer que tivesse recebido cheque de 1 milhão em propina, o que faria Moro e a Globo?
» Bairros de Caruaru ficam sem médicos após fim de contrato de cubanos

405 visitas - Fonte: falandoverdades

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians